Extra Virgem Óleo e sementes

Um pouco de "clareza, o quasi, em termos de apresentação de azeite nas instalações

Escrito por CinziaTosini

Recentemente, com um amigo que cuida da restauração, Eu encontrei-me de discutir a apresentação da garrafa de azeite de oliva extra-virgem que eu gostaria de ver em cima da mesa em todos os restaurantes.

Comparando-os com outras empresas do setor, Eu percebi que na verdade não há muita clareza.

Por esta razão, porque eu gosto de falar com conhecimento, Fui informado por consultoria Occhinegro máxima, consulente empresa na área de tributação internacional e marketing, particularmente no que diz respeito ao setor de azeite na União Europeia e não europeus.

Vamos tentar fazer alguns "clareza, o quasi (leitura que você vai entender por que), inserindo o Lei 14 Janeiro 2013 n14 e interpretação de Massimo.

  • Lei 14 Janeiro 2013 n14

Arte. 7 – Durabilidade mínima e apresentação de azeite em instalações.

1. A data de durabilidade mínima, dentro da qual os azeites virgens manter as suas propriedades específicas em tratamento adequado não pode ter mais de dezoito meses a contar da data de engarrafamento e deve ser precedido pelas palavras "de preferência antes de" seguido pela data.

2. Os azeites virgens oferecidas em pacotes nos exercícios públicos, sem prejuízo da utilização de cozinhar e preparar as refeições, devem ter tampas adequadas para que o conteúdo não pode ser alterado sem a embalagem estiver aberta ou alterada, ou tem de ser marcado para indicar, pelo menos, a origem do produto e o lote de produção para o qual ele pertence.

3. A violação da proibição referida no n º 1 implica a aplicação do titular do exercício público de multa administrativa de € 1.000 a € 8.000 e confisco do produto.

4. Artigo 4 del Decreto-adicionar 10 Janeiro 2006, n. 2, converter, com alterações, por lei 11 Março 2006, n. 81, parágrafos 4-C e 4-d são revogadas.

“Chave interpretativa” a lei em questão por Massimo Occhinegro

A lei 14 Janeiro 2013 do artigo 14 º 7 segundo parágrafo, foi destinado a revogar a lei anterior que proíbe explicitamente o uso de “famoso” galheteiros. No entanto embora em um confuso, queria introduzir por um lado o uso de garrafas com tampas e outros anti-topping confirmar a obrigação da origem e do lote de fabricação a que pertence.

O artigo, no entanto, é mal escrito e sujeito a diferentes interpretações. O “chave” interpretação encontra-se, na minha opinião, no sentido de “ou”. Na língua italiana “ou” pode ser interpretado como sinônimo de “ou”, mas, nesse caso, o Legislativo pode ter garrafas de pensamento com sistema de bloqueio anti-topping, sem rótulo, que é para a lógica, sem sentido, um lado, enquanto as outras embalagens sem tampa anti-filler, mas rotulados com uma indicação de origem, data de vencimento inferior a 18 meses a partir da grande quantidade de embalagens e produção, que também neste caso tal eventualidade faria pouco sentido tendo em conta o desejo de evitar a reutilização da embalagem.

Portanto, a palavra “ou”, na minha opinião, deve ser interpretada no sentido de “a saber”, (como muitas vezes acontece na formulação de leis) com a intenção de oferecer um determinado mais em comparação com o que está escrito na primeira parte do mesmo artigo 7, parágrafo 2.

Em última análise, isto significa que as garrafas devem ser rotulados conforme exigido por lei e que mais devem ter tampas anti-enchimento. É evidente, porém, que a redacção deste artigo foi feita em uma precipitada e confusa como mencionado na introdução.

O que está a dizer ... oh, bem, Eu diria que neste momento, a única coisa que eu diria, cabe-nos a prestar atenção ao escolher o catering direito virtuoso qualidade consciente.

image_pdfimage_print

comentários

O que o autor

CinziaTosini

Acho que podemos salvar a Terra, se podemos salvá-la.

3 comentários

  • Casualmente sono venuto a conoscenza dell’articolo, nel quale Massimo Occhinegro, che ho avuto modo di conoscere attraverso il social network, illustra alcuni dettagli relativi ad uno degli articoli più importanti della legge 14 Janeiro 2013 N. 9 (e non 14, ma questo è solo per dare un’informazione corretta), definita anche Legge Mongello, che è l’articolo 7. Em particular, volevo precisare che il contenuto della norma non fa alcun riferimento al tappo antirabbocco e che, in quanto tale, non vi è alcuna obbligatorietà dello stesso. Ad oggi, de facto, i ristoranti, sono obbligati a non servire l’olio all’interno di ampolle o contenitori non confezionati secondo i riferimenti indicati nella norma suddetta, ma non hanno alcun obbligo a che, le bottiglie di olio distribuite ai consumatori, posseggano anche il tappo antirabocco. In tal senso, invero, oltre a quanto accaduto a livello comunitario, dove tale provvedimento è stato clamorosamente ritirato all’ultimo momento, la stessa Commissione europea ha comunque acconsentito affinché i singoli stati possano legiferare in questa direzione, obbligando l’introduzione del tappo antirabbocco. Aggiungo e chiudo, che il Ministro De Girolamo ha promesso di intervenire in materia entro la fine dell’anno.
    Luca Crocenzi
    Borsa Merci Telematica Italiana

  • Quanto sostiene Luca Crocenzi in merito alla bocciatura di Bruxelles ed alla possibilità concessa ai singoli Stati di legiferare in materia è giusto. Pur tuttavia rimango della mia personale opinione in merito alla interpretazione dell’art. 7 al comma 2 della legge.

    “Os azeites virgens oferecidas em pacotes nos exercícios públicos, sem prejuízo da utilização de cozinhar e preparar as refeições, devem ter tampas adequadas para que o conteúdo não pode ser alterado sem a embalagem estiver aberta ou alterada, (al posto di ovvero, mettiamoci un “e inoltre” ) devono essere etichettati in modo da indicare almeno l’origine del prodotto ed il lotto di produzione a cui appartiene”

    .Ele’ evidente e lo ribadisco, che la mia è una chiave di lettura di una legge di per sè scritta male.

    Occhinegro máxima

Deixe um comentário

Siga-nos

Quer todas as mensagens por e-mail?.

Adicione seu e-mail:

Usando o site, aceitar o uso de cookies por nós. mais informações

Este site usa cookies para fonire a melhor experiência de navegação possível. Ao continuar a utilizar este site sem alterar suas configurações de cookie ou clique em "Machado" permitir a sua utilização.

Fechar